Edição numero quatro – Semana Fantasia Moderna

Mais uma semana que passa e mais desafios que ficam, e bem vencemos estes desafios, ao contrário do que foi pensado até mesmo por nós, vencemos e continuamos com a mesma garra do inicio, os problemas e as brigas internas logo viram piadas na nossa mão, as discussões de chefia são logo transformadas em afáveis conselhos de amigos, e as provocações logo são transformadas em conversas de bar. Esse é o clima por trás da revista que chega até vocês espero que este clima esteja trazendo a melhor revista possível, pois ela é feita por um grupo de amigos, e por que não dizer uma família?

Depois de uma revista com dois textos magníficos, chegamos ao fim das quatro semanas de apresentação, e começamos agora a semana de aprimoramento, é a hora de pegarmos o Feedback e engrossar a revista. Precisamos saber se vale apenas apostar nisso ou naquilo, se vocês estão felizes com o resultado, mas fazendo as coisas com a mesma seriedade e paciência de sempre, sabendo que existe um projeto por trás disso tudo e sabendo que estamos batalhando para fazer dar certo.

Mas bem, vamos a esta semana, para começar temos um magnífico texto de Rafero Oliveira começando com o estilo Steampunk, esperamos que os amigos do conselho que sempre tem nos ajudado a divulgar nosso trabalho gostem do trabalho dele em A imperatriz de Ferro.

Logo depois temos o amigo Thiago Sgobero, com sua história de Fantasia Urbana Sob(re) controle, com um nome um tanto sugestivo, esta história pretende ir ao fundo, de uma série de questões do ser humano, e da própria realidade que o cerca, e nos chamou a atenção em sua resolução. Vamos esperar muito desse trabalho também, e ter certeza que ambas as séries juntamente com todas apresentadas até aqui tem muito a se desenvolver e são por si só capítulo a capítulo magnífica histórias, mas unidas serão séries fantásticas.

Bem para fechar com chave de ouro temos um conto de Roger Gillian, mais um de nossos autores de One-shot’s e as matérias semanais de nossos editores-chefe, este que vos fala, e um outro. E que se abram as portas para o mundo fantástico, porque não, da fantasia moderna, onde falamos de low fantasy, steampunk, fantasia urbana, dieselpunk e tantas outras vertentes da fantasia.

capa definitiva

 

Não se esqueçam de ler as edições anteriores, a semana #1 , #2 e #3

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s